Títere, o passarinho

Fãs,

Aqui no castelo do tio Grey tem um tipo de ave estranha, maluca, olhos esbugalhados: batizei-a de Títere. O Títere só voa quando a gente quer, só come quando a gente quer, só brinca quando a gente quer. Quando digo a gente, digo gente no sentido humano mesmo, pois é geralmente a mão do papai ou da mamãe que dão vida ao Títere. É a ave mais sem graça dentre todas as aves que habitam o jardim do palácio, mas é a única que nos deixam pegar. Não só deixam, como incentivam. Papai diz assim: “meu filho é esperto, tá caçando o passarinho!” Ou seja, pro papai eu sou esperto justamente quando sou mais burro, porque estou correndo atrás de um passarinho sem vida. Mas eu corro, corro só para agradar o papai e a mamãe, igual algumas crianças humanas comem brócolis só para agradar seus pais, vão para escola só para agradar seus pais, tomam banho só para agradar seus pais. Meu pai, coitado, fica ali mexendo o Títere e fazendo sons estranhos com a boca. Eu finjo gostar, dou umas patadinhas até cansar, aí pego o Títere, penduro de volta na rede de proteção e volto a deitar no parapeito, olhando as mariposas que voam na noite, que só pelo fato de terem vida própria, são muito mais interessantes que qualquer marionete, ainda que seja de um espécime raro.

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

157.png

Esse é o Títere. Papai dublando ele como uma voz ridícula disse que está feliz em conhecer vocês.

156

Papai fica sacudindo o Títere e falando: Filhãã-ão vem caçar o passarinho, vem!

155

Por piedade ao meu pai, dou umas patadinhas no bicho

154

Depois pego e penduro de volta na rede de proteção, onde é o lugar dele.

158

Aí deito no parapeito, eu olhando para um lado, Títere para o outro. Eu admirando as mariposas e Títere os humanos, já que precisa deles pra viver.

Anúncios

Tamanho não é documento

Olá, amiguinhos lindooooos!

Tudo bom? Hoje venho provar para vocês que tamanho não é documento. Papai pendurou um brinquedinho no alto da janela e falou assim: quero ver quem vai ser o primeiro a pegar, pois quem pegar por último vai ser o gato do padre! Como meu irmão e eu temos maior medão de padre, principalmente se for o Marcelo que não gosta de gatos, saímos correndo para pegar o brinquedinho. hihihi. O barrigudinho do meu irmão dá uns três de mim, se esticou todo, se esticou mais que todo, se esticou que nem elástico e gato-mola e nada. Espertinha, eu, baixinha atrevida e ligeirete, bastou-me subir as redes de proteção e ganhar a competição. Ai, ai, mais uma vez está provado que tamanho não é documento e o Bores que ature o Marcelo Rossi.

Ass.: A gata Christie.

Não entendeu a piadinha do Padre Marcelo? Clique aqui: http://blogs.estadao.com.br/jt-cidades/padre-marcelo-cria-polemica/

Borginho grande e bobo tentando pegar o brinquedinho mais rapidamente que eu…. hiihi #coitado

Além de me camuflar com a noite, sou muito sagaz e peguei os brinquedinhos escalando na rede e proteção, hihihi

Borges e Christie versão bonecos!

Fãs, meus amados fãs! Não basta ser famoso, há que ter uma réplica sua para ser adora, vendida, cultuada pelos fãs. hehehe

Estes aí da foto somos minha irmã a gata Christie e eu, Borges, o gato. Achou parecido? hehehehe.

Vovó é que fez e deu de presente pra gente. Achei tão fofinhos que falei assim pra ela: vovó, faça outros gatinhos que meus fãs vão querer, assim a senhora vai se tornar muuuuito rica e vai poder comprar tudo de ração e atum pra mim, o que acha? Vovó não sabe o que fazer, pois ela disse que só quis me dar um presentinho. Mas vocês não achariam legal se ela pudesse dar Borginhos e Christinhas deses pra todo mundo? Por que valor vocês comprariam? Mais de mil reais, né? hehe

Lambeijos

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

Borges + Christie – versão bonequinhos

Toy Cats (em inglês porque quero ser internacional, hehehehe)

Um impostor em minha casa

Fãs,

Eis que ontem reivindiquei aqui também ser homenageado  com uma réplica e, então, mamãe e papai me trouxeram uma! Só que, pra minha surpresa, a réplica não tem nada de réplica!!! Argumentei: mãe, eu não sou lilás e verde! E mamãe falou: mas, filhote, isso é só um detalhe, ele é grandão, preguiçoso, fofinho e barrigudo que nem você!

Fui até a minha irmãzinha Christie e ela: Ai, Borginho, deixa de ser bobo, gostei dele, pelo menos é um irmão que não bate em mim! É uma traidora mesmo essa gata!

Quando reparei, o miserável já estava até ocupando meu lugar no sofá! Estou agora bolando um plano para sequestrá-lo e só devolverei mediante pagamento de resgate em Whiskas! Tenho dito!

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

Meu fake bem fake tomando sol no meu lugar, maldito!!!

Christie disse assim: Borginho, gostei desse novo irmão, ele pelo menos não me bate e tem uma corzinha bonita

Huuuuuuuuuuum…. quem és tu?, diga-me, maldito! Não te passes por mim!

Monumento à Christie

Fãs,

Já estou começando a achar esquisito. Ok que a Christie passou no exame, ok que ela merece a comemoração… MAS hoje ergueram um monumento aqui em casa a ela. Gente, eu que sou o gato celebridade, dá pra avisar isso pros meus pais?

Nem a Christie gostou muito da estátua,  ela pensou assim: “o monumento é igual a mim e além disso não dá despesa com comida, não faz xixi, não faz cocô e não solta pêlo. Papai e mamãe vão preferir ele!”

Ainda bem que no final da tarde recolheram a estátua depois que minha irmã e eu nos juntamos para atacá-la com unhas e dentes! Ah, agora voltou tudo à ordem normal, mas… será que eu não vou ganhar uma também? Não que eu queira sabe…

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

O monumento à Christie ou a Christie fake como preferimos chamar

Christie: “ei, tem alguém me imitando aqui, eu sinto isso”

“Uma Christie incomoda muita gente, duas Christie incomodam, incomodam, incomodam muito mais.”