A minha tia de branco, digo, pediatra, digo, veterinária…

Fãs,

Sabe como são as coisas, né? Ano acabando, papai e mamãe resolveram me carregar para a tia de branco! Lá fui eu, enjaulado junto com a Christie. Pior de tudo é estar tudo bem com a minha saúde e ter que ir. Falei:  mamãe, estou bem, não preciso ver a doutora, sei me autodiagnosticar, meu gosto está o mesmo, meu xixi tá com cheiro igual, o cocô beleza… Mas, adiantou? Claro que não!

Sempre falei aqui no blog das minhas veterinárias, as tias de branco, mas nunca falei o nome delas. A primeira que tive foi a Thaís, a segundo a Mariana e quem cuida de mim é a tia Juliana. Todas elas são da mesma clínica, a Veterinária Sulacap, que fica próximo a minha antiga casa. Tenho que admitir que, mesmo não gostando de veterinários, a tia Ju é muito legal. Ela tem um gatinho que se chama Mário, mas não é Mario Grey e usa um jaleco de gatinhos para me atender. hehehe. Sou muito mimado por ela.

O grande problema de ter que verificar a saúde é ter que fazer exames muito desagradáveis: abrem nossa boca, arregalam nossos olhos, olham nossos ouvidos e ainda enfiam uma coisa no meu cu bumbum. Perguntei se tia Juliana além de veterinária era proctologista e papai disse que é um termômetro, aí descobri o quão ruim é não ter sovaco. Apesar de tudo, fãs, o importante é saber que ainda tenho muuuitos anos pela frente e poderei escrever muitos textos aqui nesse blog e a tia Ju é uma das responsáveis por esta minha saúde de ferro. Obrigato, tia!

VETERINÁRIA SULACAP

Juliana Manes

Rua Fernandes Sampaio, 120 lj C Jardim Sulacap
Cidade: Rio de Janeiro / RJ
CEP: 21.741-200

Tel: (21) 3357-9933

Se você for até lá, diga que viu no blog do Borges! Não esquece!

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

Eu não queria sair de jeito nenhum daqui de dentro

Eu não queria sair de jeito nenhum daqui de dentro

A Christie veio me convencer a sair do esconderijo

A Christie veio me convencer a sair do esconderijo

Uma rima necessária: conhece a tia Ju? É aquela que coloca o termômetro no meu ***

Essa é a tia Ju que cuida da minha saúde 🙂

Christie puxando o saco da tia Ju.

Christie puxando o saco da tia Ju.

Fãs, vocês não imaginam o quanto é importante ter um sovacOoooooooo!

Fãs, vocês não imaginam o quanto é importante ter um sovacOoooooooo!

Anúncios

Fim da humanidade, vive a Gatidade

385617_107409979432165_336445594_n

Fãs,

Eles juram que o mundo acaba hoje. Pois que acabe. Decretado o fim dos humanos, viveremos nós e as criaturas que crerem em nós, inclusive humanas ou pós-humanas, no paraíso chamado Gatidade.

Gatidade é mais que um abrigo nuclear, Gatidade é um abraço, um colo de mãe que protege mais dos mísseis que qualquer metal.

Na Gatidade choverá ratinhos.

Na Gatidade comeremos sachê e não passaremos mal.

Na Gatidade o governo felino tornou lei dormir pelo menos 12 horas por dia.

Na Gatidade os perfumes têm cheiro de peixe.

Na Gatidade não há trabalho, não há patrão, não há donos, só há família.

Na Gatidade, há o que há de melhor: há gatos.

logo2

O mundo acabou para vocês, mas continuará aqui.

Gatidade, a terra felina. Mais perfeita que a República de Platão, que a Cidade de Deus de Agostinho de Hipona, que Pasárgada de Bandeira, que Grândola Vila Morena de Zeca Afonso, que a Cidade Ideal de Chico Buarque.

ENTRE E SE TORNE MEMBRO DA GATIDADE. SÓ SERÃO ACEITOS OS QUE ACEITAM UM GOVERNO FELINO.

Na Gatidade Ratos Caem do Céu (Roberta Perczynski)

Desenho, vovô Rogerio do blog Humor de Cada Dia.

 

 

 

gato

Família que pega carona na fama ou sou um gatinho bom que divulga os outros

Fãs,

Li uma vez uma história de um rei chamado Midas que tocava nas coisas e transformava em ouro. Embora eu não dê valor nenhum ao ouro, sei que os humanos gostam muito, então achei que midas deveria ser muito sortudo, pois poderia ser o homem com mais ouro do mundo. Só que no fim da história, descobri que Midas ia transformando em ouro tudo que tocava: a comida, a água, as pessoas que amava. Ou seja, o que era bom, virou ruim! Ser famoso é assim também, a gente batalha, fica multimilionário, é convidado para estrelar todos os filmes de Hollywood, querem fazer versão nossa na Disney, mas aí vem a irmã e o tio juntos querendo pegar carona na fama.

Antes as tias da Amigo Não Se Compra vinham pedir textos comigo, fotos minhas… agora elas dizem que fiquei muito caro, aí o que elas fazem? Vão pedir coisas pro Mario Grey que está cobrando só 10 por cento do meu cachê, este gatinho aproveitador! Agora tá lá o Mario Grey desfrutando o do dia de fama dele na página da Amigo Não se Compra e um monte de fãs minhas se vendendo pra ele! Traidoras!

*******

Fãs,

Desculpem, mamãe chegou aqui do meu lado neste momento, me deu um esporro e mandou eu parar aquele texto inicial ali de cima. Ela disse que estou ficando muito pretensioso e arrogante com a fama. Ok, vou tentar de novo:

Olha que legal, pessoal, meu tio Mario Grey indo além do sucesso do meu blog está saindo num post da Amigo Não Se Compra. Que bom que meu sucesso está ajudando a divulgar outros gatinhos e a adoção!  Nesta postagem, vovô fala sobre sua relação com os gatos de uma forma geral e como é sua relação com o Mario Grey, tá imperdível. Claro que vocês vão ler, né? Para quem não sabe, o Mario Grey era um daqueles gatinhos de Sulacap que vocês viram em postagens anteriores por aqui.

Gostou agora, mamãe? Cadê o petisco que você prometeu?

CLIQUE AQUI PRA LER: http://site.amigonaosecompra.com.br/mario-grey-e-o-homem-que-nao-gostava-de-gatos/ 

Escrevendo pra fora 2

Fãs,

Se vocês não conhecem, devem conhecer agora a ONG Adote Um Gatinho http://adoteumgatinho.uol.com.br as tias são chiques, já foram no Jô (http://www.youtube.com/watch?v=K-sCPea8JVQ), já apareceram no Jornal da Band (http://www.band.com.br/jornaldaband/videos.asp?v=7345f3b743c6d6f8a5c5012e62f7a1f7) e têm um livro que já li (http://borgesogato.com/2012/01/18/um-gato-sortudo/)

Fiquei muito honrado, pois me chamaram pra escrever um texto pra Fanpage delas e já teve muuuuitos curtir e compartilhar. Leia aqui: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10151055320551314&set=a.134700271313.118739.130323036313&type=1&theater

Dentre os comentários, muita gente elogiando, aplaudindo, vibrando… mas o que achei mais sensacional, com todo respeito aos fãs, foi esse aqui que uma tia que não conheço, chamada Andreia, fez ao compartilhar.


Primeiro que a tia Tábata diz que sou muito magrinho (poxa, era minha foto de criança, gente)! Depois a própria Andreia explica que estou pra adoção e que estou fazendo graça pra ser adotado, MARKETING PESSOAL. hahahaha. Épico! Ri muito aqui junto com mamãe, papai e Christie. Amei essas tias.

Se você não tem Face, vou colar o texto abaixo para vocês poderem ler na íntegra.

Lambeijos

A gatidade

Fãs e novos leitores,

Confesso: tenho um sério problema com a palavra humanidade. Tá bom, assumo, muito provavelmente isso acontece porque sou um gato e não existe a palavra gatidade. Mas é que a palavra humanidade e seus derivados têm uma arroganciazinha por trás dela. As pessoas dizem: “precisamos ser mais humanos” como se fosse um sinônimo de “precisamos ser melhores.” Ninguém diz: “precisamos ser mais gatos” ou “mais macacos” ou “mais pernilongos”. Um humanista é sinônimo de algo muito bom, alguém que quer o bem. Mas onde estão os gatistas, os cachorristas, os coelhistas e os porquistas? Por que entre infinitas espécies as pessoas querem construir um mundo onde o ser humano é o centro?

Tenho a certeza que quando olham pra nós, os humanos pensam com amor e inveja. E se alguns têm ódio, nada mais é que fruto dessa inveja. Nós gatos temos mais que um simples modo de viver, temos uma filosofia: comemos, dormimos, corremos, desfilamos, há beleza em tudo que fazemos, nosso andar é bonito, nosso olhar é bonito, nosso sono é bonito. E não temos pressa, não precisamos trabalhar, brincamos com a caça e tomamos banho com a própria língua. Então, muitos humanos, com inveja, inventaram histórias e mitos assustadores sobre nós.

Nossa relação com os humanos é tão diferente que, de nós, derivam ofensas e elogios. Se em português é ruim ser um gatuno, é muito bom ser uma gatinha. Num passado distante e com cheiro de múmia, vários humanos nos viam como deuses. Para que ficassem sozinhos no centro do mundo, começaram a falar que somos infiéis, que damos azar, que transmitimos doenças. Mas quem trai, destrói e causa guerras com milhares de mortos, não somos nós, né? Quem tem um gatinho ao seu lado sabe o quanto somos carinhosos e adoramos nos enroscar no colo, sabe o quanto enchemos a casa de sorte e sabe, também, que o que transmitimos de verdade é alegria.

Por isto, hoje, quero oficializar a palavra gatidade e quero que gatuno passe a ser uma palavra lotada de sentidos bons. Que a humanidade tenha mais gatidade e que os humanistas sejam mais gatunos. Que todas as pessoas passem a valorizar o sono, a hora de comer, de se espreguiçar e andem com calma e de forma mansa como se pisassem com almofadas. Que todo o preconceito com os gatos seja coisa de um passado distante e assustador que não existirá mais, a não ser nos livros antigos e de terror que toda a gatidade lerá de noite, em volta da fogueira, ao lado dos humanos, mas só para se distrair, pois na verdade se amarão, assim como se amarão todas as criaturas num mundo feliz pintado com cores de sonho.

Ass.: Borges, o gato

 

Gatinhos e famosos

Fãs,

O Youpix fez uma postagem muuuito legal com 2 tumblrs de gatos. O tumblr do tio @Poteusso é muito legal, mas todos os meus fãs aqui já são visitantes dele http://poteusso.tumblr.com/, falo de outros que muita gente ainda não conhece.

Passei a noite toda com minha mamãe, no colinho macio dela, visitando.

Esses tumblrs são importantes, pois mostram famosos ao lado de gatos, dando-lhes carinho. Sendo assim, são muito úteis pra tirar o preconceito de cima dos felinos, afinal, famosos têm muitos fãs e capacidade de formar opinião.

O mais antigo e que a maioria das pessoas conhece, é o Celebrity Cats – http://celebritycats.tumblr.com/

Agora, há também o Celebrity Pussy – http://celebritypussy.tumblr.com/

Visitem e mostrem para aqueles seus amigos que são fãs de algum artista que esteja ali. Por exemplo, se você tem um amigo que é muuito fã do Queen, pegue a foto do Fredie Mercury com um gatinho e fale: “olha, o Fredie Mercury gostava de gatos, você já pensou em adotar ou em ajudar um?” É um passo importante para a classe felina. Fiquei horas e horas no tablet vendo as fotos.

JUSTIÇA SEJA FEITA: Fãs, apensar dos tumblrs serem muito legais NENHUM deles tem a foto do Borges com um gatinho. Pra quem não sabe, Borges é o meu autor favorito, aquele escritor argentino que deu origem ao meu nome. Então, deixo aqui para vocês a minha foto no tablet, mas também as fotos do Borges, meu xará e meu amigo de literatura.

Meu primeiro post do blog foi com um poema que o Borges (argentino) escreveu para os gatos – https://borgesogatodotcom.files.wordpress.com/2011/09/1.png

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

Mamãe me dando colinho pra eu usar o tablet

 

Olha o gatinho ao lado do Borges, parece eu. hehehehehhee

Olha o gatinho branco aí de barriguinha pra cima e esse outro é meu xará, o Borges. Sou parecido fisicamente com o da esquerda e intelectualmente com o da direita.

O Borges gostava mesmo de gatinhos, tanto que escreveu um poema para eles. Esse aí parece mais com a Christie.

E claro, se tem gatinho parecido comigo e com a Christie, não podia faltar o Borges com um gatinho que lembrasse um pouco meu tio Grey

Muita comida!!!!

Fãs,

Tenho lido no ~Feice~ sobre a ração Premier que é a que Christie eu comemos e ela tem feito várias ações legais! Fez campanha pra doar comida pra gatalhada e ajudou associações que adoro como a Adote um gatinho e Gatinhos do cafubá.

Como eu não sou gatinho abandonado, mamãe e papai compram a minha ração! E olha que dessa vez eles capricharam, compraram uma ração imensa pra gente e ainda ganhamos um brinde!!!

Que ração vocês dão pros filhotes de vocês? Eles gostam? Deixem aí dicas de receitinhas também. Hoje é um bom dia pra falarmos de comida. huuuuuuuuuuuuuuuuuuum.

Ah, não ganhei nada pra falar da ração não, tá, fãs? Isso é propaganda de graça.

Lambeijos

Borges, o gato – @borgesogato

Ela pode ser grande, mas eu e minha fome somos maiores!

– Mamãe, papai!!! Me ajudem, essa ração é tão grande que no lugar de eu comer ela, ela que vai me comeeeeeeer!

Enquanto a Christie fica de bobeira, eu vou é atacaaaaar, com embalagem e tudo!

Eu mergulhando na direção desse peixe!

hahahahaha, o peixe é a cara da Christie, reparem! hahahahhahahahaha

 

O gato do rabino

Cães não são muito apreciados entre os judeus. Um cão morde você, persegue você, late pra você. E faz tanto tempo que os judeus são mordidos, perseguidos ou latidos que acabaram preferindo os gatos. Enfim, quanto aos outros judeus, não sei, mas o meu dono sempre diz isso. Sou o gato do rabino.” (O Gato do Rabino – 1 O Bar-Mitzvah – de Joann Sfar, p.1. Jorge Zahar Editor)

Fãs,

Esse trecho que vocês leram aí em cima é do Gato do Rabino, ele tem twitter (@ogatodorabino), mas não tem nome, todo mundo o chama de Gato do Rabino. Fico imaginando se eu não tivesse nome, iam me chamar de Gato do Professor… ainda bem que me chamo Borges.

Até ler o livro, achava que eu era o único gato intelectual no mundo. Descobri que temos muito em comum… como eu quero ser único em alguma coisa, vou dizer que sou o único gato escritor, pois na capa do livro diz que o autor é Joann Sfar, ou seja, o Gato do Rabino pode ser intelectual, mas precisa que escrevam pra ele.

As histórias dele, li nuns livros que dei para o meu pai de dia dos pais. Passei o dia de hoje me distraindo e rindo, pois o Gato do Rabino possui um senso de humor muito apurado. Ele é gato e quer ter uma religião, vejam que engraçado, enquanto isso muita gente que tem uma gostaria de não ter.  O que eu já acho é que as religiões é que deveriam ter gatos, igual no Egito, onde os gatos eram deuses.

Vou deixar para vocês o trailer do filme

http://www.youtube.com/watch?v=dXN3XPHfYW8

E dois making of:

1 – http://www.youtube.com/watch?v=XOahH16UQa8&feature=youtu.be

2- http://www.youtube.com/watch?v=VKJFI8sagRA&list=UUnUTcgP3RdiB6T98yqHvEAQ&index=3&feature=plcp

Espero que me deixem entrar no cinema para assistir o lançamento. Humanos são estranhos, deixam o gato ser o ator principal, mas não deixam os outros gatos assistirem.

Ass. Borges, o gato – @borgesogato

O encontro literário do Gato do Professor com O Gato do Rabino

São os dois livros que tenho, vale muito a pena ler! Viva a literatura felina

– Pai, pare de me fotografar, agora eu quero ler e não posar para fotos