Dica de Cuidado 4 – Sobre sachês com a Tia Ju

dica_de_cuidado_titulo

Olá amados, fãs! Tudo bem?

Hoje tenho uma ótima notícia para os felinos de todo mundo!!!! Tcham, tcham, tcham!!! É sobre os sachês! Fiquem atentos no que a minha pediatra tem a dizer.

Lambeijos

Borges, o gato – @borgesogato

————————–

Christie puxando o saco da tia Ju.

Oi, fãs do Borges e da Christie. Tudo bom? Eu sou a Juliana, responsável por cuidar da saúde dos dois.

A boa notícia que trago é sobre o consumo de sachês. Novos estudos têm indicado que eles não são tão nocivos quanto sempre se divulgou por aí. Pelo contrário, estes estudos apontam que os sachês são melhores para os felinos do que a ração seca. Eles não são bons é para o bolso dos papais e mamães, né? (para alimentar um gato adulto são necessários 4 sachês por dia)

Se compararmos as embalagens dois dois, vamos perceber que a quantidade de sódio é maior na ração seca. Além disto, os sachês possuem maior quantidade de líquido que é importantíssimo para os felinos que precisam consumir bastante água. Ou seja, o sachê pode ser sim consumido diariamente, mas deve-se ficar atento, pois eles são causadores de tártaro, então, há que se dar maior atenção ao cuidado dentário dos felinos, pois o tártaro nos bichanos só pode ser tirado com cirurgia!

Outra dica importante é evitar os sachês de peixe, devido à alta incidência de alergias alimentares com frutos do mar.

Agora, você já pode dar sachê tranquilamente para seus gatinhos desde que aumente o cuidado com os dentinhos deles.

Beijos e até a próxima dica!

Abaixo, os valores nutricionais do sachê Whiskas e da ração seca Golden (uma das melhores do mercado) para vocês compararem.

2013-01-27 22.57.25

Valores do Whiskas Sachê

Valores da Golden Filhotes

Valores da Golden Filhotes

Juliana Manes

Rua Fernandes Sampaio, 120 lj C Jardim Sulacap
Cidade: Rio de Janeiro / RJ
CEP: 21.741-200
Tel: (21) 3357-9933

Dica de Cuidado 3 – Sobre a Toxoplasmose com a Tia Vivian

Olá, fãs!

Mais uma semana começando e hoje é o dia do quadro em que aprendemos muito sobre gatinhos. Sei que vocês sabem muuuito sobre nós, mas nesta troca de experiências sempre aprendemos algo novo, não é? Por isto, hoje chamei aqui a tia Vivian que vai falar bem faladamente sobre o polêmico assunto da toxoplasmose. Pede pra quem tá aí do seu lado fazer silêncio (pede pra calar a boquinha, pede), se concentra e vamos ler este texto que é muito sério e importante. Imagina a voz da tia Vivian falando com vocês.

Vamos lá, valendo!

——————

vivianOlá, fãs do Borges e da Christie. Eu sou a Vivian Lage do Pet Paradiso. Prazer imenso estar aqui de novo com vocês. Foi ótimo no primeiro post termos trocado ideias e esclarecido dúvidas. Hoje, venho falar de um assunto que é muito contraditório e que requer muita atenção de todos nós, pois muito do que falam é mito.

A toxoplasmose, conhecida popularmente e erroneamente como “Doença do gato”, tem grande impacto na saúde pública. Quem nunca ouviu dizer que grávidas não podem ter gatos?

Esta confusão se deve ao fato do protozoário causador da doença, o Toxoplasma gondii, ter um ciclo de vida bem confuso, com diferentes estágios e hospedeiros.

O gato é responsável por uma parcela mínima de transmissão (em torno de 1% dos casos). Ele se infecta ao ingerir hospedeiros intermediários como rato, lagartixa, pombo ou carne crua. Ele só elimina oocistos “ovinhos de toxoplasma” durante 15 dias de sua vida inteira. Ocorre principalmente em animais jovens e animais imunocomprometidos (FIV positivo). Esses “ovinhos” só se tornam infectantes, ou seja, capazes de causar doença, após 48 horas no meio ambiente (solo ou caixa de areia). A transmissão através de carinho ou beijos no seu animal é nula, pois como você já sabe, gatos passam o dia se higienizando, retirando assim de sua pelagem possíveis “ovinhos” de pele e pelo.

Recapitulando: Para se infectar de um gato, é necessário ingerir fezes que estão a 2 dias no ambiente/ caixa de areia. Improvável não?

O QUE DEVO FAZER EFETIVAMENTE PARA EVITAR A TOXOPLASMOSE?

 Essas dicas devem ser seguidas a ferro e fogo principalmente se você estiver grávida.

1. Não comer carne crua ou mal passada (principalmente a suína);

2. Higienizar muito bem frutas, legumes e folhosos;

3. Lavar muito bem as mãos principalmente quando estiver manipulando alimentos;

4. Não ingerir leite cru;

5. Realizar limpeza da caixa de areia ou serviço de jardinagem com LUVAS.

 

E COM RELAÇAO AO MEU GATINHO? COMO DEVO PROCEDER?

1. Limpar a caixa de areia ao menos 2x ao dia. Higienizar a caixa com cloro e/ou água quente;

2. Impedir o acesso à rua;

3. Não oferecer carne crua ou de origem duvidosa;

4. Realizar visitas frequentes ao médico veterinário;

5. Vermifugação a cada 4 meses.

Pra finalizar, deixo um vídeo e um pôster muito explicativo pra vocês compartilharem nas redes sociais e ajudar a combater este preconceito com os gatos.

b_toxo

embarazada-y-gato

toxoplasmose

Vivian Lage de Oliveira
CRMV-RJ 10858
Especialização em Clínica Médica de Pequenos Animais
Formada pela UFF
Pet Paradiso: 3ªs, 6ªs e Sábados
Rua Barão de Mesquita, 359
2234-7775 ou 2574-9589

Dica de Cuidado 2 – Trato urinário do seu gatinho com a Tia Ju

dica_de_cuidado_titulo

Olá, amados e idolatrados fãs, salve, salve.

Estou feliz em receber aqui no meu blog a pediatra, digo, veterinária, ou melhor, a tia de branco que cuida de mim, a tia Ju!

Ela vai falar para vocês uma diquinha de como tratar hidraulicamente o gatinho de vocês, hehe.

—–

Uma rima necessária: conhece a tia Ju? É aquela que coloca o termômetro no meu ***

Hoje, gostaria de lembrar da importância do trato urinário. É muito importante que os gatinhos bebam bastante água e muitos deles são exigentes na hora de eliminar essa água. Sendo assim, é bom que seu gato tenha mais de uma opção de lugar para fazer suas necessidades. E se você tiver mais de um gatinho, mais importante ainda ter mais de um banheiro para eles. Os banheiros ou as bandejas com areia devem ser grandes e espaçosas. Agora ele poderá beber bastante água e eliminá-la com frequência, por isto coloque mais de um pote de água pela casa também, alguns gatos (mas nem todos!) gostam daquelas fontezinhas. Com estes cuidados, ingerindo e eliminando água sempre, seus gatos terão uma melhor saúde e viverão mais tempo ao seu lado.

Prazer falar com vocês. Até.

Juliana Manes

Rua Fernandes Sampaio, 120 lj C Jardim Sulacap
Cidade: Rio de Janeiro / RJ
CEP: 21.741-200
Tel: (21) 3357-9933

Dica de Cuidado 1 – Síndrome do Gato Paraquedista com a Tia Vivian

dica_de_cuidado_titulo

Olá, fãs!

Mais uma novidade aqui no blog, o quadro DICA DE CUIDADO. Pensei assim: não adianta só rirmos e brincarmos se os gatinhos não estão sendo cuidados direitinho. Não é verdade?

Convidei umas tias veterinárias para me ajudar, a primeira a falar aqui com vocês será a tia Vivian, espero que ela volte muito mais vezes pra nos alertar. Lá embaixo está o endereço dela e onde ela atende, caso você um dia precise.

Fiquem com a dica dessa semana:

——–

 

vivian

Olá, fãs do Borges e da Christie. Eu sou a Vivian Lage do Pet Paradiso. Prazer estar aqui com vocês. A primeira coisa que gostaria de falar, é um dos principais problemas que tenho visto: A Síndrome do Gato Paraquedista. O nome é engraçado, mas a coisa é muito séria. Antes de adquirir um gatinho, instale telas no seu apartamento. Caso ele tenha surgido sem planejamento prévio, saiba que a telagem deve estar na sua top list. Traumas por queda são frequentes devido a basicamente 3 fatores:

1 – Desequilíbrio (o gato calculou mal a distância do parapeito da janela ou varanda);

2 – Caça de pombos ou insetos (por serem predadores e terem visão focada na caça, eles “esquecem” em que andar estão e partem pra cima;

3 – Dormir na borda da janela e em determinado momento se espreguiçar ou ter um sonho movimentado, caindo da mesma forma.

Ao contrário do que se acredita, tombos de alturas baixas, até 4º andar, são mais perigosos pois, como mostrado na figura abaixo, não dá tempo para o gato girar e conseguir cair na “melhor” posição de aterrissagem, caindo assim com o tórax, lombar ou cabeça no chão.

Espero que vocês tenham gostado desta primeira dica. Se você é um gateiro antigo, já deve estar atento a isto, então, avise os seus amigos que têm gatos. 

quedadogato

Beijos, pessoal. Até a próxima dica.

Vivian Lage de Oliveira
CRMV-RJ 10858
Especialização em Clínica Médica de Pequenos Animais
Formada pela UFF
Pet Paradiso: 3ªs, 6ªs e Sábados
Rua Barão de Mesquita, 359
2234-7775 ou 2574-9589