A dívida com Mario Grey

Olá, fãs!

Estamos com um problema no servidor novo. Então, hoje postei no antigo. Tão logo volte a funcionar este texto sairá daqui e irá para o servidor novo. Sendo assim, não se preocupe com os comentários, pois eles não serão transferidos. Se você quer comentar, faça no Facebook, twitter ou aguarde a transferência do texto.

Hoje Christie veio me perturbar:

– Borginho, Borginho… você não acha que temos uma dívida com o Grey?

– Por quê, Christie?

– Porque eu achei que ele fosse culpado pelo buraco no Christelo e era você.

– Christie, você que acusou ele, então você é que tem uma dívida com ele!

– Ai, Borginho, me ajuda, por favor, você tem que defender sua irmã mais nova.

– Tá bom Christie, o que você sugere?

– Posso chamar o Grey aqui!

– Não!

– Ah, deixa, Borginho.

– Não.

– Por favor, Borginho, diz que sim, vai.

– Chama, Christie, mas eu vou subir no parapeito da varanda porque ele é gordo e não consegue subir ali, assim evito o contato.

– Ai, Borginho…

– Vamos lá, chama.

Aí, fãs, veio o Tio Grey com seus olhos lacrimosos. Mas, ele não me engana, são lágrimas de crocodilo. E graças àquela janelinha no Christelo fui envolvido em uma grande confusão. Christie e Grey ficaram horas debatendo e eu só ouvindo. Segundo a Christie, o Grey poderá escolher algo que teremos que fazer para nos redimir!!!!

Quero nem pensar no que ele pode escolher!

Ass.: Borges, o gato

266

Eu no guarda-corpo pra não me ter que ficar grudado no Grey

 

265

Christie e Grey fazendo acordos diplomáticos e eu só ali ouvindo

264

Reunião de gatos

 

 

 

Anúncios